News

Morre Wagner Giudice, ex-vocalista do ABUTRE


Wagner Giudice, ex-vocalista da banda ABUTRE, faleceu aos 52 anos, vítima de ataque cardíaco na manhã deste sábado (17), em Fernando de Noronha (PE), onde passava férias com a família.

Giudice, que registrou duas faixas na coletânea "SP Metal" (1985), foi um dos fundadores do ABUTRE, que surgiu em junho de 1982. No começo do ABUTRE, Wagner Giudice seria o baterista. Pouco tempo depois, Tomas Catafay (baixo) apresentou Adalberto Fla
vio Rosado Jr. aos irmãos Wagner e Ricardo Giudice (guitarra) com a ideia de formar uma banda. Adalberto acabou ficando com o posto, deixando Wagner livre para se dedicar aos vocais.

Os quatro começam a compor músicas próprias e ensaiá-las, mesclando com alguns covers de bandas que admiravam. Desta forma, o ABUTRE montou seu repertório e começou a se apresentar no circuito underground de São Paulo. Como a boa receptividade dos shows, foram convidados por Luiz Calanca a integrar a coletânea "SP Metal 2". As duas faixas eternizadas pelo Abutre foram "Quando o Fogo Começa a Arder" e "Rock Rock Rock".

Wagner (vocal), Ricardo Giudice (guitarra), Tomas Catafay (baixo) e Adalberto Flavio Rosado Jr. (bateria) encerraram as atividades em maio de 1986, após um show apoteótico no festival "Metal 4", ao lado do Centúrias, Salário Mínimo e A Chave do Sol, realizado no ginásio da Sociedade Esportiva Palmeiras. Wagner então se dedicou ao Direito. Ex-diretor do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), se destacou na Divisão Antissequestro do Deic e atualmente era delegado seccional do Centro (Decap).

O ABUTRE, por sua vez, retomou atividades para um evento comemorativo, "SP METAL - 30 ANOS", realizado em julho de 2015 no SESC Belenzinho. Na ocasião, foram acompanhados pelo vocalista Ramon Risso, substituindo Wagner Giudice, e com a presença de mais um dos irmãos, o guitarrista Adriano Giudice - membro do Centúrias na época do EP "Última Noite" (1986). Esta formação voltou aos palcos no último dia 6 de agosto, no evento "SP Metal Revival", realizado no Manifesto Bar (SP) e que contou com a presença do Salário Mínimo e Vírus. Wagner estava entre os presentes no público. "No filme/documentário 'Brasil Heavy Metal' eu falei justamente do ABUTRE, em especial da música 'Quando o Fogo Começa a Arder', que vi pela primeira vez ao vivo com Wagner Giudice pulando e detonando no vocal na Praça do Rock, no Parque da Aclimação", comentou Ricardo Batalha, redator-chefe da ROADIE CREW. "Sempre tive um carinho especial por esta música. Falei isso várias vezes para eles e para Wagner, que pude rever recentemente no Manifesto Bar durante o evento 'SP Metal Revival', em 6 de agosto último. Eu não segui no Direito, como Wagner fez de forma brilhante, se tornando uma autoridade respeitada e conhecida em todo o País. Mas eu segui no Heavy Metal e prometo que farei de tudo para que jamais esqueçam o nome dele. Rock, Rock, Rock!", completou Batalha.

Fonte: Roadie Crew


  • Comentar
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Morre Wagner Giudice, ex-vocalista do ABUTRE 9 out of 10 based on 10 ratings. 9 user reviews.
Scroll to Top