ade Sepulchral Voice Fanzine: HARMONY FAULT completa 15 anos de existência, ouça uma nova música! HARMONY FAULT completa 15 anos de existência, ouça uma nova música! - Sepulchral Voice Fanzine

News

5 de abr de 2017

HARMONY FAULT completa 15 anos de existência, ouça uma nova música!


Um zumbi devorador de carne e excrementos mal-cheirosos completa 15 anos de existência. Praticante do goregrind e estabelecido na cidade de Lajeado/RS, o Harmony Fault está em atividades ininterruptas desde 2002. A formação atual conta com Calebe na bateria (membro fundador, desde 2002), Guilherme no baixo e vocal (desde 2003) e Pulga na guitarra (desde 2009).

Na discografia da banda há diversas coletâneas, 4 demos, splits em diversos formatos, um DVD e dois álbuns full-lenght.  Para este ano está previsto o lançamento do split 7" EP com a banda Dead Fetus Collection e o Harmony Fault está divulgando o vídeo da música "Cemetery Onanizer" que estará neste trabalho: 
 
Biografia:

 armony Fault teve inicio no ano de 2002 na cidade de Lajeado/RS por meio dos integrantes Calebe (bateria), Marcelo (guitarra/vocal), Biguá (baixo) e Leonel (vocal). Inicialmente, a banda praticava um grindcore com pitadas de splatter e noise. Em 2002, foi lançada a primeira demo-tape "Pedaços de Carne Podre" com 15 músicas. As letras tratavam de críticas sociais ("Comendo Lixo"), introspecção e condição humana ("Vida/ Sem/Volta"). O trabalho foi bem aceito pelo público underground, de modo que o HxFx teve a oportunidade de participar de algumas compilações e fez sua primeira gig em 2002. 

O ano de 2003 presenciou a primeira mudança na formação da banda, com a saída do baixista Biguá e a consequente entrada de Guilherme que assumiu o posto vago. Assim, o então quarteto acabou por lançar a pouco divulgada (e mal produzida) "Promo Live Tape". O material marcou a estreia do novo baixista nos palcos e a última apresentação do vocalista Leonel com o Harmony Fault. Após algumas apresentações como grind-power-trio, em 2004 a banda se torna um quinteto com a entrada do guitarrista Von e do vocalista Marcelo Lopes. É lançado então o CD-R "Sangue e Vísceras" que aponta uma mudança na sonoridade do conjunto ao serem adicionados elementos de death metal. Desse álbum destacam-se as músicas "Taxi Driver” que presta sua homenagem à obra de Martin Scorsese; "Sangue e Vísceras" que trata sobre as atrocidades da Guerra do Iraque e, por fim, o tributo aos Rolling Stones e ao Dead Infection com a canção "I Can't Get No... Dead Infection". 

O HxFx participou do 3 Way Split CD com as bandas Neoplasm Disseminator e Premature Autopsy em 2005, cuja divulgação foi satisfatória. No mesmo ano é lançado "P.O.R.C.O. & Cia Ltda." que pecou pela má produção e foi pouco divulgado. Em 2006, a banda integrou o cast do Goregrinder Festival que que rolou na cidade de Florianópolis e contou com a ilustre presença dos holandeses do Stoma. Além disso, participou da décima edição do seminal festival Splatter Night que, dentre outras, contou com as bandas Rot e Pulmonary Fibrosis. O ano de 2007 inicia com o guitarrista Von deixando a banda e termina com a abertura da memorável apresentação do Agathocles e Riistetyt em Joinville. 

Em 2008 mais um desfalque no line-up: a saída do vocalista Marcelo Lopes ocasiona uma severa  reformulação na banda, com o baixista Guilherme assumindo também os vocais. Se o que ouvia até então era um death/grind, a banda inicia sua Jornada rumo aos porões do goregrind. O logotipo do HxFx sofre uma mudança para enfatizara nova momento e a sonoridade. A nova - e maldita - era tem início com o lançamento do split em disquete com a banda crust Cü Sujo, apropriadamente intitulado "In Grind We Fast", dada a duração de 88 segundos do play. Merece destaque também o lançamento do DVD Goregrinder Festival que traz na íntegra os shows do Stoma, Harmony Fault, Dead Fetus Collection e Ovários. 

Entretanto, em 2009 a banda sofreu novamente um revés em sua formação com a saída do guitarrista Marcelo. O fato marcou o momento mais difícil do HxFx: após muita reflexão e cogitações de até mesmo encerrar a banda, Guilherme e Calebe retomam os o ensaios como uma dupla — baixo/vocal e bateria. No fim do mesmo ano, Eduardo (conhecido como Pulga) assume a guitarra. 

Em 2011 o HxFx participa do 4 way "Sociopathological Society" com as bandas Liquified Insides, Cannibe e Necrobiose Escrotal. O segundo semestre desse ano marca o lançamento do full length "Rotting Flesh Good Meal", composto por 19 músicas. Lançado pelos selos Rotten Foetus Records, Violent Records e Cauterized Productions, o disco teve uma ótima divulgação e boas resenhas. 

Com a formação estabilizada, em 2014 é lançado o segundo disco, "Savage Horror Dementia". Contando com 18 músicas em pouco mais de 27 minutos, apresenta três regravações e um cover do Regurgitate. O lançamento ficou a cargo do selo Terceiro Mundo Chaos e o disco tem sido bem aceito pelo underground.

Prestes a completar uma década e meia de existência, o HxFx inicia o ano de 2016 com uma atualização/putrefação do seu logotipo, agora ainda mais voltado/devotado ainda à podridão. Está previsto para esse ano o lançamento do split 7” EP “Alcohol, Horror and Cannibalistic Torture” com a Dead Fetus Collection a ser lançado pelo selo alemão Uterus Productions.

Links:



  • Comentar
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: HARMONY FAULT completa 15 anos de existência, ouça uma nova música! 9 out of 10 based on 10 ratings. 9 user reviews.
Scroll to Top