ade Sepulchral Voice Fanzine: IRON MAIDEN responde de forma oficial sobre o processo movido por Dennis Willcock IRON MAIDEN responde de forma oficial sobre o processo movido por Dennis Willcock - Sepulchral Voice Fanzine

News

6 de ago de 2018

IRON MAIDEN responde de forma oficial sobre o processo movido por Dennis Willcock


De acordo com a Ham & High, as lendas britânicas do Heavy Metal IRON MAIDEN reagiram a um processo movido por seu ex-vocalista Dennis Willcock, no qual ele acusou-os de roubarem as letras de algumas de suas primeiras canções clássicas.

Willcock afirma ter escrito as letras para as faixas "Prowler", "Charlotte The Harlot", "Phantom Of The Opera", "Iron Maiden" e "Prodigal Son", que foram gravadas e lançadas pela IRON MAIDEN em seus dois primeiros álbuns, "Iron Maiden" de 1980 e "Killers" de 1981.

Em uma resposta escrita formal à ação legal de Willcock, a IRON MAIDEN afirma que o baixista Steve Harris, e não Willcock, realmente escreveu as letras em questão. Além disso, a banda admite que o crédito de compositor em "Charlotte The Harlot" está errado.

Desde que apareceu pela primeira vez no LP de estreia da IRON MAIDEN, a faixa foi creditada unicamente ao guitarrista Dave Murray. Mas nos documentos apresentados à Suprema Corte, Harris e a editora Imagem declaram: "As letras da música foram escritas pelo Sr. Harris em ou por volta de 1977 para acompanhar músicas escritas pelo Sr. Murray, que se juntou ao IRON MAIDEN no final de 1976. "

A IRON MAIDEN admitiu que Willcock mudou três palavras de "Prowler" e duas de "Charlotte The Harlot", mas questionou se ele pode se lembrar de escrevê-las.

A banda declara: "Quando ele era o cantor, é lembrado por esquecer as letras das canções, ou esquecer palavras, ou cantar as palavras erradas. Ele chegou inclusive a cantar lendo as letras em alguns shows. Com isso, é implausível que o Sr. Willcock possa agora lembrar de letras que ele alega ter escrito há mais de 40 anos."

O processo de Willcock foi apresentado pelo empresário aposentado Barry McKay, que anteriormente levou Harris e Murray à corte por "Hallowed Be Thy Name", alegando que a IRON MAIDEN reproduziu partes importantes de outra música, "Life's Shadow", co-escrita quase uma década antes, pelo músico Brian Quinn, sob o nome de Brian Ingham. Esse caso foi resolvido por cerca de £ 100.000, de acordo com um representante da IRON MAIDEN, que também se referiu a McKay como "um litigante em série". McKay depois disparou de volta, chamando Harris e Murray e seus gerentes de "maus perdedores".

Willcock, que liderou a IRON MAIDEN de 1976 a 1978, foi substituído na banda por Paul Di'Anno. Dennis afirma que nunca soube que suas letras foram usadas porque ele nunca ouviu os álbuns da banda.

O processo de Willcock pede indenizações superiores a £ 2 milhões (aproximadamente US $ 2,6 milhões).

Willcock foi o segundo cantor da IRON MAIDEN. O vocalista original da banda, Paul Day, co-fundou o grupo em 1976, juntamente com Harris.

Links Relacionados
Homepage: ironmaiden.com
  • Comentar
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: IRON MAIDEN responde de forma oficial sobre o processo movido por Dennis Willcock 9 out of 10 based on 10 ratings. 9 user reviews.
Scroll to Top