ade Sepulchral Voice Fanzine: Entrevista com a veterana SACRISTIA Entrevista com a veterana SACRISTIA - Sepulchral Voice Fanzine

News

20 de jul de 2019

Entrevista com a veterana SACRISTIA


SACRISTIA é um dos fortes nomes da cena underground do interior paulista, que formou-se no finalzinho dos anos 80 encerrando atividades na metade dos anos 90 e retornando em definitivo no ano de 2018. Convidamos o fundador e guitarrista Canibal e o guitarrista Pecin para uma conversa para falarmos um pouco de sua história, retorno aos palcos e de seus novos trabalhos. 
(Entrevista elaborada por Gustavo Camargo)

Fale do início das atividades da Sacristia. Qual as temáticas abordadas nas letras?
Canibal: A Sacristia iniciou suas atividades no final dos anos 80, para ser exato no ano de 1989 na cidade de Rio Claro, interior de São Paulo. Os temas abordados pela banda se baseiam em relatos e histórias sobre religião e misticismo.

Como era o cenário underground na década de 90? 
Canibal: O cenário foi e ainda é o melhor até hoje, fudido demais. 
Pecin: Anos 90 creio que foi a melhor época para o underground no Brasil, apesar da precariedade dos equipamentos e da dificuldade em adquiri-los. Foi um tempo onde surgiram muitas bandas que estão até hoje na ativa fortalecendo o underground.

O que houve para o encerramento da banda?
Canibal: O próprio sistema mundial nos fez encerrar as atividades, obrigações do cotidiano.
Pecin: Por duas vezes encerramos nossas atividades, a primeira na década de 90 e a segunda em 2008 e as duas foram pelo mesmo motivo, a conciliação do trabalho de cada membro com as atividades da banda.

Em 2018, o Sacristia voltou às atividades. Nos fale como se deu esse retorno? 
Canibal: Foi demais muito esperado por todos da banda, fãs e amigos do cenário underground.
Pecin: Há algum tempo já estávamos conversamos sobre esse possível retorno, mas a chama acendeu no dia que recebemos o convite do nosso amigo Rogers Rodrigues (Baterista Profane Creation/Mordeth) para tocar no Cordeiro In Hell Fest, depois foi só cair de cabeça nos ensaios (risos). Agradecemos demais ao Rogers pelo convite.


Quanto aos shows depois da volta, como foram essas apresentações? Se lembram de alguma opinião por parte do público?
Canibal: Foram energéticos e com muita força!! A maioria dos comentários foram: “Por que demoraram tanto para voltar?” (risos)
Pecin: Foram intensos, adrenalina a mil (risos), pois o prazer de tocar ao vivo e fazer o que se gosta é ótimo..risos... Um dos comentários que mais me chamou a atenção: “Foi como voltar no tempo, isso é old school!!

As demos 'Culto na Sacristia' (90) e 'Corpus Christis' (91) são cultuadíssimas no underground! Tanto que ‘Corpus Christ’ foi relançada pela gravadora Voz Da Morte Productions, trazendo ainda de bônus um show gravado em 2008. Comente deste material e está tendo uma boa repercussão?
Canibal: Sim é uma gravação sem muito recurso e que foi lançada pelo nosso amigo Kito de Boituva/SP, que proporcionou um excelente trabalho deixando esse material registrado em CD.
Pecin: Sobre o material, pessoalmente tenho que agradecer ao Kito pelo excelente trabalho, material, capa e encarte tudo maravilhoso. Quanto a repercussão esta sendo muito boa, muitos CDs sendo enviados para vários países. Queremos agradecer aqui ao Vanito Rocha de São Paulo pelo apoio e divulgação.


Existem planos de relançar a demo 'Culto na Sacristia’?
Canibal: No momento não.

Um debut ou algum material inédito está a caminho?
Canibal: Sim estamos trabalhando pra isso!
Pecin: Estamos em processo de gravação de mais três sons e mais um vídeo que deverá sair ainda nesse ano de 2019.

Vocês acabaram de lançar o seu primeiro videoclipe, para música “Image”, conte-nos como foi o processo de gravação? 
Canibal: O processo demorou um pouco pois estamos aprendendo a trabalhar em estúdio, mas ficamos bem satisfeitos com o resultado.
Pecin: Tudo surgiu durante as gravações da Image no estúdio Vintake. Nosso amigo Piu Mayer gostou muito do som e nos deu a ideia de que seria legal fazer um vídeo, na mesma hora abraçamos esse projeto. Foram surgindo as ideias e o resultado foi esse. Agradecemos ao Piu Mayer e Lucas Neves do Estúdio Vintake pelo grande trabalho!

Como vocês analisam a cena metal no interior de São Paulo e no Brasil?
Canibal: O cenário metal do interior sempre foi muito fudido, em termos de metal o Brasil é um dos mais fortes do mundo.
Pecin: O cenário metal no interior é muito forte e vem crescendo muito nos últimos anos, com o surgimento de ótimas bandas de vários gêneros do metal isso em razão de várias cidades realizados grandes festivais com ótimo público. Em se tratando de Brasil não se foge muito disso! Mas acho que ainda falta muito para os músicos de metal sobreviverem de seus trabalhos em suas bandas!

Quais bandas influenciaram a banda no início? E o que vocês tem ouvido recentemente?
Canibal: Bandas que me influenciaram no início: Sarcófago, Sepultura e Morbid Angel. Bandas atuais: Behemoth, Belphegor, Bolt Thrower, Deicide, Bathory e Morgoth.
Pecin: Bandas que me influenciaram no início: Sarcófago, Obituary, Morbid Angel, Hellhammer eP. Bandas atuais: Bolt Thrower, Morgoth, Carcass e Death.

Muito obrigado por esta oportunidade de trazer aos leitores do Sepulchral Voice Fanzine essa entrevista e nos deixe uma mensagem final ou se desejar acrescentar algo:
Canibal: O Sacristia agradece a vocês por esta dedicação para nossa entrevista, transparecendo o início de nossas atividades com o que somos e sempre seremos... E mais, para nossos fãs!! Acredito dedico e retribuo toda essa conquista humilde com bravura e muita força ao metal, meus Sacristãos!!!!
Pecin: Sacristia agradece pela oportunidade dessa entrevista e agradecemos o apoio de todos nossos amigos e fãs, pois sem esse apoio não seria possível nossa volta, muito obrigado e vida longa ao metal!!!

Assista o videoclipe de 'Image':


Links relacionados:
SACRISTIA:  fb.com/Sacristiadeathmetal
 Voz da Morte Prod: vdmorte.loja2.com.br

  • Comentar
  • Comentar via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Entrevista com a veterana SACRISTIA 9 out of 10 based on 10 ratings. 9 user reviews.
Scroll to Top